Amazônia, Cerrado e Pantanal

Code: LS 7.1
  • Pantanal Explorer (6)
  • Pantanal Explorer (3)
  • Pantanal Explorer (9)
  • Pantanal Explorer (4)
  • Pantanal Explorer (7)
  • Pantanal Explorer (10)
  • Pantanal Explorer (2)
  • Pantanal Explorer (5)
  • Pantanal Explorer (11)
  • Pantanal Explorer (1)
  • Pantanal Explorer (13)
  • Pantanal Explorer (12)
  • Pantanal Explorer (15)
  • Pantanal Explorer (14)

A mística Amazônia só pode ser descrita em superlativos. Abrange uma área de mais de 5 milhões de quilômetros quadrados, dos quais 80% estão no território brasileiro e se espalha por oito Estados, um deles sendo o Mato Grosso. É a maior e mais preservada região de floresta tropical do mundo. Através desta grande área, flui um vasto sistema de drenagem de mais de mil rios, que representam 20% das águas superficiais potáveis do mundo.

O coração do Brasil cobre uma área igual à Europa Ocidental (2.000.000 km²), e sua vegetação original é chamada de “Cerrado”, considerada a mais rica savana do mundo, devido à sua alta diversidade de plantas e endemismo. A maioria dos grandes rios do Brasil nascem aqui. É uma área de enorme importância ecológica com muitas áreas de beleza espetacular, como o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, apenas a 55 km do aeroporto de Cuiabá. Sua biodiversidade é o habitat de 837 espécies de aves, 161 mamíferos, 120 répteis e mais de 10.000 plantas vasculares. Sendo 44% delas endêmicas.

O Pantanal é a maior planície alagável do planeta, classificada como Patrimônio Mundial Natural e Reserva da Biosfera pela UNESCO. Existem mais de 124 mil quilômetros quadrados apenas no Brasil. O Pantanal Norte está localizado a apenas 2 horas ao sul de Cuiabá, capital de Mato Grosso, permitindo acesso seguro e fácil a um dos destinos mais fascinantes do mundo. É uma das últimas grandes fronteiras selvagens do planeta e, certamente, a melhor localização nas Américas para assistir a vida selvagem, especialmente a enigmática onça-pintada.

1º Dia – Cuiabá para São José do Rio Claro (Amazônia)

Recepção no aeroporto de Cuiabá. Breve descritivo da região e da viagem. Saída às 13h20 para S. José do Rio Claro (290 km). Chegada no final da tarde.Acomodação e jantar na Pousada Jardim da Amazônia.(J)

2º Dia – Amazônia

Após o café da manhã, maravilhosas trilhas para observação de pássaros o levarão através desta zona de transição do Cerrado para a Floresta Amazônica, possibilitando não só o contato com a flora e fauna deste ecossistema, como também a história da extração da borracha, que foi um dia uma importante parte da economia local. Almoço, peixe (matrinxã) na brasa (moqueado) e descanso em redes na floresta. Após o almoço, em canoas, iremos explorar o lago Anaconda e deslizar nas águas do rio Claro, em silêncio, por entre mata ciliar de grande beleza, habitat de inúmeras aves e animais. Jantar e pernoite na Pousada Jardim da Amazônia.(C, A, J)

3º Dia – Saída da Amazônia para o Cerrado

Vila de Bom Jardim em Nobres para flutuação de superfície e em seguida continuação da viagem para a Chapada dos Guimarães.Café da manhã e em seguida partida para Bom Jardim.Bom Jardim é um distrito do Município de Nobres situado à 162 Km do Aeroporto de Cuiabá. Está, estrategicamente, localizada em uma área de floresta de transição, entre o Cerrado e a Floresta Amazônica. Como é típico de regiões calcárias, o município é cortado por rios e lagoas de águas cristalinas e é o habitat natural de diversas espécies de peixes e plantas. Estes rios e lagoas são perfeitos para a prática do mergulho e flutuação, em piscinas naturais que chegam a até 6 metros de profundidade. Cada atividade dura cerca de 2 horas. Trilha de 1 km até o Aquário Encantado e Rio Salobra onde faremos a primeira atividade de flutuação. Flutuação de 500 m ao ritmo da correnteza. Almoço.Ao fim da tarde, partida em direção à Chapada dos Guimarães, passando por impressionantes formações rochosas durante essa viagem de 3 horas.Visita ao Mirante do Centro Geodésico da América do Sul e passagem pelo centro histórico da cidade da Chapada.Chegada à charmosa Pousada do Parque. Jantar e pernoite.(C, A, J)

4º Dia – Chapada dos Guimarães: cachoeiras, trilhas e pôr-do-Sol. 

Café da manhã.Este dia será dedicado à exploração do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Caminhando pelas trilhas do Parque Nacional, conheceremos a típica vegetação do Cerrado e as formações rochosas esculpidas pelo vento ao longo de milhares de anos. Paradas para refrescantes banhos de cachoeira. A trilha termina no imponente “Véu de Noiva” a cachoeira, cartão postal do parque com 86 m de queda livre.Almoço em restaurante local. À tarde, retorno à Pousada do Parque, em tempo de assistirmos ao espetáculo do pôr-do-sol na Torre de Observação, com o Morro de São Gerônimo e os seus 860 m de altura à nossa frente.Jantar e pernoite.(C, A, J)

5º Dia – Translado da Chapada para Pantanal: Pousada Araras

Café da manhã. Saída rumo a Cuiabá com chegada prevista ao meio dia. Almoço na cidade e em seguida partiremos para o Pantanal. Parte do trajeto é por estrada asfaltada, através de áreas rurais. O km “0” da Transpantaneira inicia-se em Poconé (a 108 km de Cuiabá). Passar pela Estrada-Parque Transpantaneira é, de fato, um verdadeiro safári fotográfico com seguidas paradas para observação da vida selvagem e da inusitada paisagem. Chegando à Pousada Araras, recepção e acomodação. Caminhada de introdução no entorno da pousada explicando nossos diversos projetos de preservação. Sequencia até ao Mirante da Garça, torre de observação com 12 m de altura, para apreciar o pôr-do-sol. Após o jantar, passeio sob a luz das estrelas, para observação da vida e hábito noturno do Pantanal. Pernoite.(J)

6º Dia – Passeio de barco e caminhada

Após o café, saída para o Rio Clarinho. Passeio de barco a remo no Rio Clarinho, explorando as margens de floresta ciliar e manguezal. Neste lugar, vivem as ariranhas (espécie de lontra), que, com sorte, poderão ser vistas brincando em família. Há a possibilidade de pescarmos Piranhas, uma atividade divertida e desafiadora, já que possuem a habilidade de roubar a isca do anzol sem que o pescador se de conta. Almoço estilo churrasco que vai ser preparado no acampamento à beira do rio (*).Após agradável descanso em redes, armadas no acampamento, retornamos à Pousada. Encerramos este rico dia com a caminhada até à Torre do Bugio, a nossa torre mais alta – com 25 m de altura -, permitindo uma vista espetacular sobre a planície pantaneira.Após o jantar, focagem noturna em caminhão safari, em busca de animais de hábitos norturnos.(C, A, J)(*) conforme as condições de climáticas e de terreno, o passeio de barco poderá ser em outro local com regresso à pousada para almoço.

7º Dia – Passeio a cavalo e caminhada

Após o café da manhã, passeio a cavalo – em dóceis cavalos pantaneiros – em trilhas que passam por áreas diversas, eventualmente até por locais alagados, uma aventura e uma verdadeira aula sobre este ambiente tão especial. Retorno para o almoço na Pousada e descanso.De tarde, caminhe pela Trilha Rondon até à Torre Tuiuiú, com 13,5 m de altura, de onde poderá avistar o local onde um casal destas aves, símbolo do Pantanal, fez o seu ninho. Jantar na Pousada.(C, A, J)

8º Dia – Retorno para Cuiabá

Caminhada de alvorecer pantaneiro para apreciar o despertar deste incrível ecossistema. Café da manhã e saída para Cuiabá às 07h30 ou 12:30 – dependendo de seu vôo. Com paradas ao longo da Transpantaneira para fotografias.(C)

Qual é o aeroporto mais próximo da Pousada Araras?O Pantanal Norte, onde a Pousada Araras está situada, é servida pelo aeroporto de Cuiabá, que fica a 132 km da Pousada Araras: 100 km em estrada pavimentada até Poconé – porta de entrada do Pantanal + 32 km pela Estrada Parque Transpantaneira, de terra e panorâmica.O transporte desde Cuiabá está incluído?Os nossos pacotes na Pousada Araras têm as duas opções: com e sem traslados.Se lhe foi confirmado o pacote completo, este inclui os traslados regulares em veículo com ar condicionado desde e para o aeroporto de Cuiabá.O percurso dura cerca de 2h30. Para assegurar que os nossos hóspedes não perderão seu o voo de retorno à Cuiabá, contamos com um tempo hábil de 4 horas para o traslado de volta: 3 horas para a viagem e 1 para o check-in.Os horários para saídas compartilhadas são os seguintes:Cuiabá >Pousada Araras13h20, para chegadas até às 13h0017h00, para chegadas entre as 13h00 e as 16h40Pousada Araras>Aeroporto07h30, para voos partindo entre as 11h30 e às 16h2912h30, para voos partindo depois das 16h30Por que devo informar a que horas o meu voo chega? Não basta informar qual o horário de traslado que prefiro?É necessário informar nosso departamento de reservas sobre os detalhes do seu voo de chegada, pois estaremos esperando no aeroporto, no portão de desembarque com uma placa com seu nome, evitando desencontros. Ao mesmo tempo, se o seu voo atrasar, tomaremos as providencias possíveis para que não perca o transporte para a pousada.Um dos meus voos não se enquadra nos horários dos traslados regulares. O que é possível fazer?É possível reservar traslados privativos em qualquer horário. Por favor, consulte o nosso departamento de reservas (custo extra).Reservei o meu pacote sem traslados. Posso reservar depois?Sim. No entanto, a confirmação posterior deste serviço dependerá da disponibilidade na altura da reserva deste serviço. Sugerimos uma antecedência mínima de 3 dias.Chegarei a Cuiabá alguns dias antes e ficarei em um hotel. Tenho que me deslocar ao aeroporto para pegar o traslado?Não. Poderemos encontrá-lo na recepção do seu hotel em Cuiabá. Por favor, informe o nosso departamento de reservas.Vou chegar à Pousada Araras durante a manhã. Posso fazer o check-in? O almoço está incluído?Teremos todo o prazer em lhe dar as boas-vindas durante a manhã, mas o seu apartamento poderá não estar disponível antes das 14h00.O almoço do dia de chegada não está incluído no pacote completo, no entanto, se tiver avisado o nosso departamento de reservas, providenciaremos esta refeição e poderá acertar o valor respectivo na recepção da Pousada.Vou partir da Pousada Araras às 12h30. Há alguma atividade programada para a manhã do último dia?Se sair da Pousada Araras depois do almoço (às 12h30), o seu guia organizará uma última atividade durante a manhã.Os grupos são muito grandes?Durante as atividades regulares, cada um dos nossos guias – peritos em Natureza, com profundo conhecimento da fauna e da flora Pantaneiras – acompanha pequenos grupos de 8 a 10 pessoas, permitindo que cada hóspede possa aproveitar esta experiência pantaneira da melhor forma.É possível contratar um guia privativo?Os nossos pacotes incluem atividades compartilhadas, mas é possível reservar um guia privativo só para o seu grupo ou família. Este serviço tem custo extra. Por favor, consulte nosso departamento de reservas.As atividades são acessíveis a qualquer pessoa?O nível de dificuldade das nossas atividades é leve a moderado, sendo consideradas acessíveis pela maior parte dos nossos hóspedes. No entanto, pessoas com dificuldade de locomoção poderão não se enquadrar nos passeios regulares. Se é o seu caso, sugerimos que contate o nosso departamento de reservas, que poderá dar informações mais detalhadas ou sugerir um guia privativo.As atividades são seguras?As nossas atividades são geridas com todas as normas de Gestão de Segurança e todas elas são monitoradas via rádio. No entanto, exatamente por razões de segurança, o passeio a cavalo não é permitido a menores de 6 anos.Vou ter acesso à internet e poder usar o meu celular?Não existe cobertura de rede para o celular. Poderá acessar a internet através de wi-fi nas zonas sociais da pousada. Este serviço é gratuito.Sou vegetariano ou tenho alguma restrição alimentar. Tenho que avisar a pousada?As nossas refeições são buffet, com pratos variados, inclusive para vegetarianos. No entanto, se nos avisar, poderemos servi-lo melhor.O que devo levar para o Pantanal?Recomendamos roupas leves de algodão para as atividades – procure cores neutras – incluindo calças e camisetas de manga comprida e sapatos ou botas para caminhar (muito importante).Entre junho e setembro – meses de Inverno -, é conveniente trazer jaqueta ou blusa de frio, pois as temperaturas podem descer.Para que a sua experiência no Pantanal seja inesquecível, sugerimos alguns outros itens: chapéu ou boné com aba, traje de banho, câmera fotográfica ou de filmar, óculos de sol, binóculos, lanterna de bolso, protetor solar, canivete, repelente de insetos, medicamentos habituais (incluindo anti-histamínicos), artigos de higiene pessoal.